Como acertar na escolha e quantidade de bebida do Casamento

250716jrmelo

Dentre as muitas decisões que envolvem a organização de um casamento, a seleção de bebidas, embora seja uma das últimas a serem pensadas, é de fundamental importância para o sucesso de qualquer evento.
Para que tudo dê certo, porém, a primeira coisa é definir é o perfil dos convidados, assim como, o cardápio que será servido. Por exemplo, em alguns casamentos de evangélicos as bebidas alcoólicas estão proibidas.

Outro fator que precisa ser levado em conta na hora de escolher a bebida é o tipo da festa em si, como horário, local e até estação do ano. Assim sendo, por exemplo, um vinho tinto mais encorpado, dificilmente vai combinar com um casamento na praia, no período da manhã ou tarde.

250716jrmelo2

Mas não é só isso que vai garantir o sucesso na escolha da bebida, ainda tem a preocupação de acertar a quantidade, ter uma noção do quanto realmente é preciso é fundamental para não passar apertos depois.

Veja abaixo como acertar no cálculo das bebidas:

250716jrmelo3

Na hora de calcular a bebida para a festa é fundamental ter em mãos o número de convidados esperados no evento, mas, para acertar na quantidade, também deve-se levar em conta a duração da festa e a variedade de tipos de bebidas que serão servidos, e claro, também, levar em conta o perfil dos seus convidados, tais como: “Eles bebem muito?; qual a faixa de idade da maioria?; eles consomem álcool ou não?; ou mesmo se um determinado tipo de bebida faz muito sucesso entre seus amigos e familiares…”

Consignação, sim ou não?

250716jrmelo5

Tem medo de correr risco de errar na quantidade? Então, uma boa opção, nesse caso, é contratar um serviço consignador. Sem dúvida, uma forma de economizar, e não errar, nem para mais e nem para menos.
Para quem não conhece, nesse sistema de consignação, a empresa contratada fornece uma quantidade de bebidas e oferece a oportunidade de devolução das que não forem consumidas, porém, vale prestar atenção no contrato, pois a maneira como isso será acordado depende das regras do mesmo. Lembrando que essa opção permite levar mais bebida do que o ideal sugerido, para evitar falta em caso de um consumo maior do que o esperado.
Como escolher as bebidas

250716jrmelo6

A seleção dos tipos de bebidas também merece uma atenção especial, devendo ser baseada no perfil dos convidados e ser conciliada com os pratos a serem servidos. Uma boa alternativa é apostar em um bom mix de tipos diferentes, sem dúvida, no entanto, a diversidade é o que vai atender melhor um evento, que recebe pessoas de diferentes estilos e gostos.

Veja abaixo algumas dicas para escolher os melhores tipos de bebidas para a sua festa:

250716jrmelo7

1. Água
Sempre deve fazer parte da lista, porém, para casamentos na praia, ao ar livre ou em dias muito quentes, vale a pena investir em uma quantidade maior, já que a necessidade de hidratação será maior.

2. Refrigerantes
É preciso levar em conta o perfil dos convidados, por exemplo, em casamentos evangélicos que não servem bebidas alcoólicas, o consumo de refrigerantes é muito maior. Outro ponto a ser considerado é se a festa possui muitas crianças, nesse caso, também, o consumo de refrigerantes costuma ser muito alto, e vale a dica, opte sempre por garrafas, que são bem mais em conta.

3. Sucos
E vale apostar em sucos, que são ótimas opções de bebidas não alcoólicas para a festa e o princípio para o cálculo da quantidade pode ser o mesmo do refrigerante. Quem quer praticidade, porém, a dica é estabelecer os sabores e comprar o suco pronto para a festa, que deve ser servido em jarras ou em taças dosadas.

4. Energéticos
Geralmente, quem consome mais energéticos é quem consome whisky ou vodka. Por isso, vale investir em latinhas e servi-las junto às doses das bebidas alcóolicas.

250716jrmelo8

5. Cervejas
Tal como refrigerantes, é mais econômico comprar a cerveja em garrafas do que em latas, e a dica é investir em long neck, direto no bar ou com garçons servindo da garrafinha no copo. É uma bebida mais servida em festas mais informais, mas se a sua recepção for mais formal, a dica é escolher marcas que ofereçam bebidas artesanais, que darão um toque mais sofisticado ao evento.

6. Vinhos
No caso dos vinhos a dica é harmonizá-los com os pratos disponíveis no cardápio, e podem ser servidos na própria garrafa e, geralmente, apenas durante o jantar.

7. Espumantes ou champanhe
Os espumantes estão em alta e já são tradicionais em casamentos, podendo ser servidos ao longo de todo o evento, em taças ou garrafas. Para quem quer um toque mais especial, a dica é no momento do brinde investir em um champanhe ou espumante diferente do fornecido no geral.

8. Bebidas destiladas
No caso dos destilados, como vodka e whisky, podem ser servidos em doses para os convidados, com opção de energético e gelo à parte. E o consumo pode ficar restrito ao bar ou ser servido nas mesas ao longo do evento.

9. Licores
Podem ser servidos na mesa do café com petit fours, da metade para o final do evento, geralmente usado como um atrativo para o final da festa, a dica, no entanto, é investir em poucas garrafas, quem quiser ainda pode investir em tipos variados de licor, para atender a demanda.

10. Batidinhas e coquetéis
Quem optar por montar um bar na recepção, a dica é oferecer aos convidados batidinhas, coquetéis, caipirinhas e outros tipos de drinks alcoólicos. Nesse caso, como serão servidos apenas para quem pedir, a quantidade não deve ser tão elevada. Uma ideia que vem fazendo sucesso é surpreender os convidados nomeando os drinks de acordo com a personalidade do casal.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>